Perfil

Nasceu em 21 de março de 1964, em uma pequena cidade do sertão da Paraíba. Aos cinco anos, seus pais se mudam para Mato Grosso e, depois, para Rondônia.(...)
Saiba mais.

Vale a pena

Arquivo de junho de 2011

A ideologia no Brasil

Em 1989 era posto abaixo o Muro de Berlim. Era colocado, portanto, um fim à divisão entre capitalistas e socialistas. Correto? Na verdade, não. A ideologia permanece. Aliás, definir o que é ideologia é um desafio das ciências sociais. Por muito tempo, cientistas sociais procuraram fazer tal esclarecimento. É certo que após a queda do Muro, ocorreu, como bem propôs Francis Fukuyama, o fim da história. A divisão clássica do mundo entre capitalismo e socialismos perderia força. Mas não deixaria de existir.
Leia mais… »

Não sabemos dividir a conta

O Brasil tem uma das maiores cargas tributárias do mundo. O valor corresponde a 34,41% do PIB (Produto Interno Bruto), segundo dados de 2009. No entanto, o problema é maior que o enunciado. Como se não bastasse, o brasileiro tem os piores serviços públicos em proporção aos impostos. Ou seja, pagamos uma conta cara e não usufruimos – como deveríamos – dos benefícios.
Leia mais… »

O Brasil em 2022

O Brasil não é o mesmo de dez anos atrás. O País cresceu e o desenvolvimento foi notável. Porém ainda há muito o que se fazer. O que dizer sobre como será o Brasil em 2022? Quis as mudanças que devem ocorrer? Quais as obras que precisam ser realizadas? O recente livro “2022 – Propostas para um Brasil melhor no ano do Bicentenário” organizado por Fábio Giambiagi e Claudio Porto procura responder as indagações apresentadas. As respostas e reflexões surgem através de variados autores, os quais mostram ao leitor os desafios do Brasil no século XXI.
Leia mais… »

Descentralizando o desenvolvimento

Pernambuco está crescendo, e agora de maneira mais descentralizada. Depois de tantos investimentos no Complexo Industrial e Portuário de Suape, no Litoral Sul do Estado, é a região Norte pernambucana que se expande. Suape já apresenta limitações em áreas de terrenos e o Governo precisa de alternativas. Optou por subir e as providências já estão sendo tomadas. Leia mais… »

Crenças e racionalidade

O Real está sobrevalorizado e por isso o País sofrerá um processo de desindustrialização. O Brasil não cresce por sermos submisso ao imperialismo norte-americano. Somos subdesenvolvidos porque continuamos a ser uma colônia de exploração. Essas falácias já cairão no senso comum, apesar da inconsistência de argumentos. Leia mais… »

Crescer não é suficiente

O Brasil cresceu bem no primeiro trimestre deste ano. A expansão da economia do País, com 4,2% de aumento no PIB (Produto Interno Bruto) , na comparação com os três primeiros meses de 2010, segundo dados do IBGE, foi menor que o ocorrido no ano passado, mas é preciso considerar o período de recessão que serviu de base comparativa, com a crise que nos atingiu em 2009. Sim, o Brasil mantém um bom ritmo de crescimento. No entanto, crescer não é o suficiente. É preciso haver otimização no uso dos impostos. Leia mais… »