Perfil

Nasceu em 21 de março de 1964, em uma pequena cidade do sertão da Paraíba. Aos cinco anos, seus pais se mudam para Mato Grosso e, depois, para Rondônia.(...)
Saiba mais.

Vale a pena

Arquivo de agosto de 2014

69 anos da bomba atômica

O ano era 1945 e acontecia a Segunda Guerra Mundial. No dia 6 de agosto, Hiroshima, cidade do Oeste do Japão, foi atingida pela primeira bomba atômica da história. Cerca de 140 mil pessoas morreram na hora ou, pela exposição à radiação causada pela bomba. Três dias depois, uma nova bomba atômica atingiria a cidade de Nagasaki e mataria cerca de 75 mil pessoas.
Leia mais… »

Não vamos desistir do Brasil

Milhares de pessoas foram ao Palácio do Campo das Princesas para se despedir do ex-governador Eduardo Campos. Em cada rosto era possível ver expressões abatidas, consternação, incredulidade e lágrimas. A relação de Eduardo Campos com o povo pernambucano fez da tragédia em Santos um luto coletivo. Arrisco-me a dizer que este luto ultrapassou os limites de Pernambuco e se fez no Brasil inteiro.
Leia mais… »

Eduardo Campos: o Brasil de luto

Mais uma tragédia leva, repentinamente, um grande nome brasileiro. Desta vez Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência da república. Um político jovem e competente, um marido e pai exemplar, um homem de família e repleto de sonhos, ideais e uma vontade enorme de mudar o Brasil. Em um momento em que o nosso País precisa de novos representantes políticos, com novas ideias e estratégias, perdemos um dos melhores representantes.

Leia mais… »

Por que acompanhar os debates políticos?

Este ano teremos eleições presidenciais e estaduais. Com a proximidade da data, as discussões políticas crescem, principalmente nas redes sociais, onde a velocidade da comunicação se torna crucial nos debates, e em outros setores, que incluem rádio e televisão, aumenta o número de debates entre os candidatos.
Leia mais… »

Vamos falar sobre os brasileiros presos?

O Brasil está no pódio de mais um índice mundial. Entretanto, dessa vez não é um dado positivo. Nosso país passou a ter a terceira maior população carcerária do mundo, segundo dados do Centro Internacional de Estudos Prisionais – ICPS, de Londres. De acordo com o relatório, o número de presos do nosso sistema carcerário é de 715.655. O ranking é liderado pelos Estados Unidos, que têm 2.228.424 presos, e, na segunda posição, aparece a China, com 1.701.344 detentos.
Leia mais… »