A política da corrupção

No Brasil, política e corrupção acabaram se tornando palavras agregadas. Todos os dias são inúmeras matérias publicadas falando de desvio de verbas, superfaturamento de obras e tantos outros crimes cometidos pelos políticos, que deveriam usar o poder para ajudar a população.

A palavra corrupção deriva do latim corruptus, que, numa primeira definição, significa “quebrado em pedaços” e em um segundo sentido, “apodrecido; pútrido”. Em uma definição ampla, corrupção política significa o uso ilegal – que pode ser por parte de governantes, funcionários públicos ou privados – do poder político e financeiro de órgãos ou setores governamentais com o objetivo de transferir renda pública ou privada de maneira criminosa para determinados indivíduos ou grupos de indivíduos ligados por quaisquer laços de interesse comum – negócios, localidade de moradia, etnia, entre outros.

A corrupção no Brasil vai muito além de um erro cometido uma única vez. A condição da política brasileira é baseada na acomodação da sociedade com a situação atual, na aceitação da corrupção como normalidade, na legislação defasada e complacente com os erros. As constantes denúncias de desvio das verbas públicas, divulgadas pela mídia, fazem com que a indignação dos cidadãos vá diminuindo, e, sem ser pressionados, os réus encontram métodos para se livrar das acusações.

Se ampliarmos para um quadro mundial, o Brasil está na 69º posição do Índice de Percepção de Corrupção da ONG Transparência Internacional. Vale salientar que o país tem um índice de 3,8 em uma escala que vai de zero – países vistos como muito corruptos – a dez – países com poucos corruptos – em um ranking de 180 países. Para ilustrar em números, de 2003 a 2008, quase 2.000 servidores públicos brasileiros foram expulsos do governo federal por cometer práticas ilícitas. Entre as principais causas da punição estão o uso do cargo para obtenção de vantagens, improbidade administrativa, abandono de cargo, recebimento de propina e lesão aos cofres públicos.

Os números ficam ainda mais impressionantes quando relacionamos com os dados monetários. Nos últimos dez anos, segundo matéria da revista Veja, foram desviados dos cofres brasileiros mais de R$ 720 bilhões, em média R$ 82 bilhões por ano ou 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB). No mesmo período, a Controladoria Geral da União encontrou irregularidades em 80% dos 15.000 contratos firmados pela União com estados, municípios e ONGs.

Como é possível esquecer nomes como Anthony Garotinho, Jader Barbalho, Nicolau dos Santos – o Lalau, Paulo Maluf e Celso Pitta? Todos fazem parte da história do Brasil como políticos corruptos que desviaram milhões de reais dos cofres públicos. Além disso, o quadro atual mostra que muitos governantes entram na política apenas para beneficiar-se e não para trabalhar em prol da população.

É preciso que a população tenha a consciência de que a corrupção produz pobreza e impede o desenvolvimento do país. Com os valores já citados nesse texto, seria possível elevar a renda per capita em R$ 443 reais, pensar em erradicar a miséria e reduzir a taxa de juros.

Se questionarmos o que falta para o Brasil tornar-se uma potência mundial, diríamos que a resposta está na política.

12 Respostas para “A política da corrupção”

  • Concordo com seu texto. É real e lucido. É claro e indiscutivel seus argumentos. O Senhor termina com uma frase pragmática. Se é uma questão politica? A luz no fim do tunel está longe e no escuro fica dificil até qual direção tomar. Seu texto nos leva a uma reflexão, o que já o torna cumpridor de sua cota de responsabilidade. Acho que precisamos nos unir! Todos os que pensa e podem contribuir não apenas com a critica, mais com sugestões.
    A politica precisa ser reformada e seus membros substituidos. Os grandes empresarios terão um papel fundamental nesse novo tempo. O Brasil e os Nordestinos contam com o senhor.

  • Júlia:

    Parabéns, gostei muito do seu texto, ele me ajudou bastante para fazer uma tarefa aqui hehe!

  • Gostei muito foi muito útil,obrigada!

  • parabéns!muito bom o seu texto!
    você se expressa claramente e obgetivamente,critica o que é coerente e o que precisa ser apontado,corrupção é o que se ver infelizmente nos ultimos 10 anos :/
    além disso aponta soluções o que é muito ultil e preciso ultimamente!:)

  • gabriela fabricio:

    muito bom o texto,e os argumentos sao indiscutiveis!
    me ajudou muito a entender mais sobre o assunto

  • Silmara Ramos:

    Gostei muito do seu texto…suas informações me ajudou a fazer minha redação sobre corrupção política…
    vlw!

  • giovana:

    o BRASIL TEM Q TOMAR VERGONHA ESSES POLITICOS TA ENVERGONHANDO O NOSSOS PAIS

  • clea:

    espero que em nossso brasil continue a existir ou seja formar cidadaos com este pensamento critico e que a honestidade que falte nente politicos de alguma forma ainda possa seer revelada em algum politico que ainda a di surgir e que nao se corrompa com a falta de respeito com a humanidade!

  • gabriela:

    o sociedade tem que abrir os olho para tudo o que acontece, o que está sendo feito com as verbas que deveriam servir de baser para o desenvolvimento do Brasil. Parabéns pelo seu texto.

  • Diana Lima:

    O texto fundamental aspectos importantes para serem analisados,alguns estão acomodados com essa situação,e, devido alguns terem benefícios, preferem ficar omissos com essa precária realidade..Mas nós devemos reivindicar nossos direitos e cobrar aos nossos representantes melhoria para todos para temos uma sociedade justa..

  • eu gostaria de ter na politica uns 200 parlarmentares como o ministro joaquim barbosa so assim conserta nosso brasil.

  • Letícia Cecim:

    Concordo com você, por mais que eu ainda não possa votar eu sei o que é a corrupção no nosso país, que está ficando cada vez mais corrupto. Me ajudou muito na minha redação, parabéns

Deixe um comentário